top of page

Você já ouviu falar de Comunicação Animal entre Consciências?

“A Comunicação Intuitiva entre Espécies, como também é chamada, ajuda a entender as espécies, suas dificuldades, necessidades, comportamentos e peculiaridades.”



Essa é uma prática para nos comunicarmos com um Animal Não-Humano, buscando entender as reais necessidades dele e, assim, poder atendê-lo e ajudá-lo de uma forma mais assertiva. Essa comunicação também tem como objetivo criar uma conexão mais profunda com a natureza, principalmente através do respeito, já que ela busca aceitar a individualidade de cada ser.

A Comunicação Intuitiva entre Espécies, como também é chamada, ajuda a entender as espécies, suas dificuldades, necessidades, comportamentos e peculiaridades. Pode ser aplicada para um cãozinho perdido, um hamster que partiu, assim como para animais em tratamento, com traumas, etc.

Ela transpõe a barreira do idioma, uma vez que fazemos uso da linguagem universal da intuição. Para tal, é importante muita concentração e meditação prévia, uma vez que usamos imagens mentais, sensações corporais, sentimentos, intenção e a própria fala em si para acessarmos as informações desejadas.

Durante esse processo podemos escutar a voz dele, e sempre é recebida alguma informação que apenas o tutor poderia saber, para realmente validar que se trata de um trabalho verdadeiro e com intuito de trazer conforto para o pet e seus tutores. Contudo, é importante ressaltar que não fazemos uso dessa técnica para o animal fazer o que se deseja dele, ou viver do jeito que julgamos correto, mas, sim, para ajudar a todos a se entenderem e, dessa forma, poderem viver em harmonia, havendo aceitação mútua e livre arbítrio.

Nesses quase dois anos que incluímos esse processo em nossa cartela de serviços, já ajudamos centenas de famílias que perderam seus pets, animais que perderam seus companheiros, veterinários que não conseguiam encontrar diagnósticos, pedidos de ajuda para troca de locais de atendimento, gatos que ingeriam pouca água por não gostarem de suas fontes de água, um cão que gostava de brincar com uma bola específica ou, até mesmo, entendimento da missão de alguns animais com seus tutores.

Um dos casos mais emocionantes que contribuímos foi com a Ravena. Quando a ONG SRD (@ongsrdoficial) entrou em contato conosco, não havia muita esperança para essa pitbull de cinco meses, mantida trancada durante meses em um porão escuro. Diante da situação desesperadora, e querendo o melhor para ela, fizemos a comunicação para saber como ela gostaria de prosseguir. Com muita amorosidade, ela pediu ajuda para não desistirem dela, tampouco sacrificá-la, afirmando que ela iria ser forte, que não estava pronta para desistir, que ela queria ser feliz. E assim foi feito. Por sinal, hoje ela está linda e feliz em uma nova família (veja nas fotos).

Traumas, medos, mudanças de casas, viagens, questões comportamentais, conflitos entre espécies, chegadas de bebês ou de novos animais na casa, procedimentos veterinários ou terapêuticos... as possibilidades de uso dessa técnica são muitas. Por isso, se sentir que você e seu pet estão precisando, ou se tiver dúvidas e quiser mais informações, é só nos chamar que será um prazer atendê-lo.


Terapeuta especializada em Terapias Integrativas para Animais e diretora da Terapet Auqmia Zen

@terapetauqmiazen

www.terapetauqmiazen.com.br

(54) 9 9135.1525


182 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page